Seguidores

domingo, 18 de junho de 2017

NOVAS PEDRAS EXTRATERRESTRES SÃO ENCONTRADAS NO MÉXICO!


Aliás, muitas pedras e monumentos desta natureza tem sido encontrados no México e cercanias há décadas, porém, a grande resistência das autoridades e da Arqueologia convencional é que torna tudo muito lento e obstruído neste aspecto de Revelação.
Mas o Arco do tempo está a favor das revelações, e o estouro das ondas das efemérides cósmicas do momento estão a rasgar documentos, abrir gavetas e desenterrar os ossos do passado... se é que tu me entendes.
Segue a matéria completa (de um site italiano):


Sensacional descoberta no México!
Encontradas em uma caverna as “pedras da primeira reunião” entre extraterrestres e os maias.

Moradores da periferia de Puebla, perto de Veracruz (México) encontraram as pedras de jade com esculturas misteriosas que parecem representar alguns seres humanoides, com cabeças grandes, semelhantes aos alienígenas reais.
A descoberta foi feita em março de 2017, e a notícia foi divulgada via Twitter, pelo jornalista Javier Lopez Diaz, que trabalha na CincoRadio, onde foram publicadas algumas imagens das pedras que foram analisadas por especialistas.
O que você pode ver gravado em duas das pedras poderia representar uma contato cm seres de outros mundos, que ocorreu durante o desenvolvimento da civilização maia.
A autenticidade dos artefatos encontrados em uma caverna nos arredores de Puebla e Veracruz parece ter sido confirmada pela inspeção da caverna, onde outros restos foram encontrados, inclusive petróglifos de importância histórica, os quais reproduzem cenas reais de um encontro com seres de outros mundos e representantes do povo maia. Na verdade, as pedras recuperadas têm sido chamadas de “Pedras da Primeira Reunião”.
Depois de pouco mais de três meses após a descoberta das pedras, um carregamento de controle foi feito pelo grupo “Treasure Seekers“, onde o pesquisador da JAC, José Aguayo, Mestre Manuel, juntamente com Rangel Vigueras, Asrael, Héctor Pavón, Claudia Vázquez e algum outro colaborador, descobriram por acaso uma pedra esculpida na caverna onde existem desenhos impressos com formas alienígenas. A inspeção ocorreu na caverna por duas vezes, a primeira em maio e a segunda em 12 de junho de 2017.
Depois de caminhar por várias horas pela mata para chegarem à uma série de três cavernas, que estão localizadas na divisa entre Veracruz e Puebla, dois dos membros da equipe de investigação imediatamente relataram alguns resultados surpreendentes, como as pedras dentro da caverna, com imagens visíveis que podem representar a relação histórica entre humanos e alienígenas. Em seguida, percebeu-se a presença de um metal que os líderes da expedição dizem que pode ser outro.
Nas pedras encontradas na caverna, à primeira vista são visíveis vários desenhos esculpidos, inclusive naves alienígenas e seres humanoides. Em uma das pedras, que aparentemente foi quebrada por expedições anteriores, pode-se notar o topo de uma nave espacial, com um ser que está no nosso mundo, e um chefe da cultura pré-hispânica que parece ter uma espiga de milho em mãos. Existem outros símbolos para serem decifrados nestas pedras, mas os moradores chamavam elas de “pedras da primeira reunião”.
De acordo com a lenda dos moradores, seria necessário ter uma reunião com os seres que vieram com uma nave espacial e, em seguida, seria documentado tudo através de gravuras em rochas. Alguns pesquisadores começaram a inspeção com o proprietário do terreno do local da caverna, assim a primeira visita ao local ocorreu há três meses. Na verdade, eles não só descobriram a caverna no mato, mas também algumas pedras sobre as quais são exibidas as imagens desses humanoides, por isto a nova visita de 12 de junho foi agendada.
Porém, enquanto os pesquisadores fizeram filmagens e fotos, eles também foram capazes de detectar a existência de algo brilhante de cor dourada. Em seguida o material foi passado pelo detector de metal e, aparentemente, poderia ser uma folha de outo muito fina que foi fragmentada e dispersa por todo o local. Por isso, foi realizada uma amostragem e análise para confirmar se tratava-se de ouro. A notícia desta descoberta extraordinária foi relatada nos jornais do México, inclusive no El Informante de Veracruz e Televisapuebla.tv.
José Aguayo disse:
Se em algum momento o Instituto Nacional de Antropologia e História do México decidir se interessar por esta descoberta, e recolher os pedaços de pedras, para ambos os grupos seria melhor, porque desta forma seria aceito o fato da existência de contato alienígena, dos quais muitos sempre negaram a existência de evidência.
(seguem vídeos)


Sua partilha é muito importante e nos ajuda a continuar criando conteúdo. COMPARTILHE! Clica logo ali mais abaixo. Obrigado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa Página...
Visite nosso parceiro:
Conheça nosso Parceiro: UNIVERSO CÉTICO