Seguidores

domingo, 18 de junho de 2017

Cuidado: implantar pensamentos é realmente possível e qualquer um pode fazer


Controlar mentes e dominar pensamentos de outras pessoas são superpoderes que você já viu em filmes e seriados de ficção científica, certo? Mas saiba que a ideia é tão real que já foi até testada em laboratório em um recente estudo liderado por pesquisadores japoneses.

Implantar pensamentos na mente das pessoas já é possível


experimento, realizado com 18 voluntários, é baseado na ideia de neurofeedback, que consiste no monitoramento do cérebro através de ressonância magnética, com resultados que podem ser vistos em tempo real.

Os pesquisadores conseguiram fazer com que as pessoas pensassem na cor vermelha enquanto elas estavam, na verdade, olhando para listras pretas e brancas em um círculo. Na ocasião, os participantes sequer estavam conscientes de que tinham sido influenciados para ver uma cor que não existia no teste.

A pesquisa foi focada em duas áreas específicas do cérebro, conhecidas por processarem a informação visual básica dos olhos, e considerada a primeira a mostrar a capacidade de criar uma aprendizagem associativa.
A equipe de cientistas mediu inicialmente as reações dos participantes a várias combinações de vermelho, verde e cinza e orientaram os voluntários a visualizar formas para fazer com que o círculo em questão parecesse maior.
O que os voluntários não sabiam era que o círculo realmente ficou maior sempre que sua atividade cerebral mostrou que eles estavam pensando na cor vermelha. Isso foi o suficiente para criar uma ligação entre listras verticais e atividade cerebral relacionada ao vermelho, mesmo que as listras fossem realmente cinzas. Desta forma, os estudiosos conseguiam manipular o pensamento das pessoas no processo.


KIMBERRYWOOD/ISTOCK
Os participantes não tinham ideia de que seus cérebros estavam sendo subliminarmente ensinados a associar atividade cerebral "vermelha" com realização e recompensa e, surpreendentemente, a evidência da associação ainda podia ser relatada até 5 meses depois do estudo.


Os pesquisadores agora querem tentar usar este tipo de treinamento cerebral para fins educacionais ou terapêuticos, como na criação de novas associações inconscientes que poderiam ajudar pacientes a lidarem melhor com a depressão.

Fonte

Sua partilha é muito importante e nos ajuda a continuar criando conteúdo. COMPARTILHE! Clica logo ali mais abaixo. Obrigado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa Página...
Visite nosso parceiro:
Conheça nosso Parceiro: UNIVERSO CÉTICO