Seguidores

sexta-feira, 31 de março de 2017

Essas nuvens recém-descobertas são assustadoras


As nuvens acima parecem exatamente o que tipo que você esperaria ver no Dia do Juízo Final, ou na iminência de uma invasão alienígena, não é mesmo?
Mas elas são basicamente inofensivas.
Depois de alguns anos de desprezo, tais formações finalmente obtiveram reconhecimento como uma nova categoria.


Nova nuvem: sim, isso existe

Nove anos atrás, foi proposta a existência da chamada “undulatus asperatus”. Somente agora, no entanto, a Organização Meteorológica Mundial lançou uma versão atualizada do Atlas Internacional de Nuvens a incluindo, com o nome modificado para “asperitas”.

Essa é a primeira nova adição ao Atlas em mais de meio século.


Ondulantes

Segundo Gavin Pretor-Pinney, fundador da The Cloud Appreciation Society, as formações criam ondas estranhas, pairando no céu como se estivéssemos observando a superfície sinuosa do mar por baixo.
Níveis variados de iluminação e espessura da nuvem podem levar a efeitos visuais dramáticos.



As asperitas tendem a ser de baixa altitude, e são causadas por frentes meteorológicas que criam tais ondulações na atmosfera. [TheVerge]

Áustria proíbe véu islâmico e distribuição do Corão


País teme o radicalismo dos salafistas


O Conselho dos Ministros do governo da Áustria aprovou a proibição do uso em público do véu islâmico e a distribuição por salafistas de exemplares do Corão.

Os salafistas são muçulmanos sunitas ultraconservadores, que seguem o Corão à risca. 

Eles abastecem as fileiras de terroristas, como os homens-bomba.

Outra decisão é que os islâmicos que obtiverem refúgio terão de cursar alemão e frequentar aulas sobre a cultura do país.

Sebastian Kurz, ministro das Relações Exteriores, disse que o objetivo das medidas é integrar os muçulmanos à cultura da Áustria. 

Com informação das agências.




Brasileiros lançam com sucesso Garatéa II, protótipo de sonda para exploração lunar!



1ª missão lunar brasileira começa com o pé direito, e ganha atenção mundial



Brasileiros lançam com sucesso Garatéa II, protótipo de sonda para exploração lunar!

Cientistas brasileiros ligados ao grupo ZENITH Aerospace, da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC-SP) lançou com sucesso um protótipo de sonda acoplada a um balão de grande altitude, a Garatéa II, a fim de testar a tecnologia para realizar a primeira missão lunar brasileira, que já está confirmada para acontecer em 2020. Confira como foi o lançamento:


Esse foi apenas um teste para a missão principal, chamada Garatéa, que significa "busca-vidas" em tupi-guarani. Ela será a primeira missão brasileira a viajar pelo espaço profundo, e posteriormente, orbitar a Lua por pelo menos 6 meses.

Na verdade, esse já é o segundo teste realizado pelo grupo, sendo que o primeiro (Garatéa I) ocorreu em maio de 2016, e também consistiu em uma pequena sonda acoplada a um balão meteorológico.





O teste que acaba de ser realizado (Garatéa II) levou uma série de experimentos científicos a uma altitude de 30 km, em uma região da atmosfera onde a camada de ozônio é praticamente inexistente, e os raios solares quase não são bloqueados.

A pequena Garatéa II levou colônias de microrganismos e moléculas. Elas passarão por um teste de sobrevivência ao serem expostas em um ambiente extremo e "inóspito", afinal, um dos objetivos da missão lunar brasileira é testar tais efeitos em microrganismos no espaço, sobretudo, enquanto orbitar a Lua.


Garatéa - a primeira missão lunar brasileira

De acordo com Lucas Fonseca, engenheiro espacial da empresa Airvantis e gerente da missão Garatéa, a missão já vem sendo planejada desde 2013, mas foi no segundo semestre de 2016 que eles conseguiram apoio de uma iniciativa europeia para torná-la realidade. "Será a primeira missão lunar da América do Sul, e pretende fazer experimentos inéditos", disse Lucas. "Seus resultados podem ter implicações imensas não só para o conhecimento humano, como também para a inovação e construção de tecnologia no Brasil."


A missão Garatéa tem como objetivo levar a sonda Garatéa-L, um nanossatélite, a orbitar a Lua por cerca de 6 meses. Colônias de microrganismos conhecidos como extremófilos também serão enviadas, a fim de entendermos como elas se comportarão sob a influência da radiação cósmica. Além disso, amostras de células humanas também estarão dentro do satélite brasileiro, com o objetivo de analisar o efeito da radiação cósmica em astronautas, o que é fundamental para futuras missões tripuladas com destino a Lua, Marte, ou qualquer outro mundo.

O pequeno satélite brasileiro Garatéa-L que irá orbitar a Lua, pesa 7,2 quilos, e sua forma de cubo tem as dimensões 10x20x30 centímetros. Ele será enviado ao espaço a bordo de um foguete indiano PSLC-C11, junto com mais 5 satélites de outros países.



Ilustração artística do nano-satélite Garatéa-L
Créditos: Garatéa / divulgação

O satélite brasileiro irá coletar imagens da Lua através de câmeras de alta-resolução. Projetos educacionais também serão lançados, abrangendo alunos com especializações na área espacial, e assim, abrir as portas para o desenvolvimento tecnológico nacional.

"A ideia é que essa missão seja o início da exploração brasileira do espaço profundo, e mostre que somos capazes de, com nossos recursos, produzir ciência de ponta nessa área", disse Douglas Galante, pesquisador do LNLS e coordenador de experimentos de astrobiologia da missão Garatéa.


A missão Garatéa tem a participação de pesquisadores de diversas instituições científicas nacionais, como o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), Laboratório Nacional de Luz Síncroton (LNLS), Universidade de São Paulo (USP), Instituto Mauá de Tecnologia, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), Escola de Engenharia de São Carlos (EESC-SP), entre outras. O orçamento da missão é de 35 milhões de reais, e utilizará recursos públicos e privados.




Emblema oficial da missão Garatéa.
Créditos: Garatéa / divulgação

No site oficial da missão Garatéa, é possível obter detalhes e atualizações. Além disso, você pode enviar o seu nome para a órbita lunar


Uma experiência a nível mundial

O programa Apollo, ocorrido há dezenas de anos, foi o único a expôr organismos vivos ao espaço profundo. Mas naquela época, os estudos da astrobiologia estavam "engatinhando", e não foi possível concluir as análises de forma satisfatória.


Atualmente, os astrobiólogos possuem ferramentas e conhecimento muito mais avançados do que há 50 anos. Em 2020, tudo isso estará ainda mais evoluído. O mundo inteiro irá acompanhar os resultados da missão brasileira, pois ela pode revelar detalhes incríveis sobre como a nossa biologia reagirá em missões de longa duração à outros mundos.


Imagens: (capa-divulgação) / Garatea / ZENITH Aerospace






Ainda não acredita em ÓVNIS? Estes vídeos liberados pela força aérea irá te deixar com uma pulga na orelha..

Ao longo dos anos, parece que houve um ponto de vista diferente sobre os OVNIs e se estes objetos eram prova de vida de outros planetas. E apesar de tudo ainda existem aqueles que não acreditam que existem Ovnis.

 

Bem, para aqueles que se enquadram nessa descrição iremos deixar três vídeos recentes que foram lançados on­line recentemente que poderia provar a existência de objetos voadores de outros planetas. Sim, não há como negar que ao longo dos anos alguns dos vídeos que surgiram de OVNIs sobre ele foram provados ser falsos, então o que torna esses três vídeos tão críveis? Bem, para começar, dois desses vídeos foram lançados pelo próprio governo dos Estados Unidos. Um desses vídeos foi gravado pela ''Homeland Security Department'' e mostra o comportamento incomum de um objeto no céu. O OVNI caracterizado nele parece estar realizando feitos que não eram possíveis para qualquer coisa conhecida pelo homem. Isso incluiu o objeto movendo­se através do céu a uma velocidade incrivelmente rápida. Estes dois vídeos foram aparentemente filmados em 2012 e 2014 . Este é apenas um exemplo do que foi flagrado pelo governo mas, lá fora existem mais vídeos incríveis. O outro mostra uma cobertura semelhante de algo que parece se movimentar em uma velocidade alarmante. Quanto ao terceiro, foi filmado no México pela Força Aérea lá em 2004, que testemunhou objetos voadores incomuns no ar. Como afirmado estes vídeos já foram liberados para o público. Isto foi depois que estes foram pesquisados pela Coalizão Científica para Ufologia e descobriu não ser falso

Jovem que se juntou ao Estado Islâmico foi estuprada e morta

A adolescente austríaca Smra Kesinovic (foto) fugiu de sua casa em 2014 para se juntar ao Estado Islâmico. Provavelmente ela estava tendo conflito com seus pais e/ou achava a sociedade muito injusta, e por isso resolveu reforçar a luta dos jihadistas.



Em abril daquele ano, ao sair de sua casa, juntamente com uma amiga, Samra deixou um bilhete: “Não nos procurem porque vamos servir Alá e vamos morrer por ele”.

Ao chegar no território do Estado Islâmico, a austríaca postou na rede social uma foto em que aparece de burca e com uma AK47.

Mas não demorou para que ela se arrependesse de cada palavra do seu bilhete, porque acabou sendo morta em nome de Alá, como supostamente queira, mas pelos próprios jihadistas.

Um ex-presioneiro do Estado Islâmico contou ao jornal britânico Metro que Smra foi recebida na Síria pelos extremistas islâmicos como um “presente” de Alá. Ela se tornou uma escrava sexual.

Na cidade de Raqqa, ela tentou fugir do Estado Islâmico, mas foi capturada, espancada e morta.

Ela pagou com a própria vida pela sua estupidez.

Com informação das agências.


Polícia indiana afirma que ratos comeram 25 kg de maconha apreendida


Foto: Berit Watkin/ Flickr
A polícia indiana deu uma explicação bastante questionável para o desaparecimento de 25 quilos de maconha. Segundo a versão oficial, ratos comeram toda a droga, que estava estocada em um depósito.
As investigações não conseguiram esclarecer o sumiço da grande quantidade de droga. Não foi apontada a possibilidade de furto e muito menos de um possível autor. Isso fez com que outras explicações fossem buscadas.
“Os ratos são uma grande ameaça aqui”, disse o policial Abhay Panhekar. Segundo ele, a maconha foi estocada a no depósito após ser apreendida e que ainda não havia permissão para destruí-la.

Incompreensível : A história de Paul Dienach, o homem que entrou em coma e acordou no ano 3.906...

A história esta além do fascinante, é difícil de acreditar de acordo com muitos. Paul Dienach passou um ano em estado de coma, vítima de uma doença estranha. Ao despertar, ele assegurou que sua consciência tinha viajado para o corpo de um homem no ano de 3906. O que ele descobriu sobre o futuro é simplesmente inacreditavel!!


Tudo o que ele viu, sentiu e ouviu foi escrito no livro "Crônicas do Futuro", que contém o diário de um homem que nunca pretendia que suas palavras fossem reveladas ao mundo.

Dada a natureza das alegações, muitos irão imediatamente rejeitar este testemunho como uma grande ilusão.. No entanto, o que Dienach experimentou mudou para sempre sua vida.

Vamos começar do principio. Dienach foi um professor que viveu no início do século passado na Europa Central.

Ele nunca pensou em ser escritor, ou tão pouco viajar no tempo. No entanto um giro do destino o levou a isso...

A história começa em 1921, quando Dienach foi vítima de uma grande epidemia de encefalite letárgica, e como resultado disso acabou em estado de coma. Durante este tempo, ele permaneceu por um ano em um hospital em Genebra.

Quando acordou, começou a escrever em seu diário, no qual ele disse que durante todo aquele ano estava completamente acordado e que experimentou algo inacreditável.

Como Dienach explica em seu diário - que mais tarde se tornou um livro - longe de ser confinado a sua cama, sua consciência viajou para o corpo de outro homem chamado Andrew Northman, uma pessoa que viveu no ano de 3906. 

Durante o tempo que Dienach ficou em coma, no ano 3906 o físico Andrew Northman sofre um acidente grave e tem uma experiência de quase-morte (NDE). Quando ele (Northman) acorda momentos depois, ele fala em uma língua desconhecida (supostamente suíço do século 20). Além disso, Northman não reconhece os membros de sua família, e tinha grandes dificuldades para dormir. Ele ficava sempre acordado.

Como Dienach escreve, as pessoas no ano de 3906 perceberam que uma consciência diferente estava no corpo de Andrew Northman e eles decidiram contar a ele tudo o que havia acontecido no mundo durante os últimos dois milênios.

As pessoas do futuro explicaram que uma nova espécie de seres humanos o 'Homo Occidantalis Novus' apareceria na Terra.

Ao acordar - depois de experimentar os eventos mais inacreditaveis de sua vida - Dienach temia ser considerado um louco, então ele não disse a ninguém o que tinha acontecido com ele.

No entanto, tudo mudou quando Dienach mudou-se.

Aos 36 anos, a saúde de Dienach piorou, então ele decidiu mudar-se para a Grécia onde o clima era mais adequado para sua saúde. Em 1922 após fazer toda a mudança ele começou a ensinar francês e alemão em uma escola.

Entre seus muitos estudantes havia um homem chamado George Papahatzis, que descreveu Dienach como sendo "um homem modesto que costumava prestar atenção aos detalhes".

Depois de dois anos, a saúde de Dienach ficou um pouco pior, e ele decidiu mudar de novo, agora para a Itália. No entanto, antes de deixar a Grécia, entregou o seu diário a Papahatzis, seu aluno favorito, para praticar seu alemão, traduzindo o texto do alemão para o grego.

Dienach em 1924 morreu de tuberculose. Por sua vez, Papahatzis traduziu o texto ao longo de um período de 14 anos, de 1926 a 1940. No início, ele pensou que era um romance, embora muito raro. Mas, à medida que avançava, percebeu que o que estava traduzindo era na verdade algo que mudaria para sempre o que pensamos ser possível e impossível.

Estas são as previsões de Paul Dienach para o futuro da humanidade.


2000-2300 AD : A humanidade ainda está lutando com os problemas de superpopulação, destruição ecológica do meio ambiente, desigualdades econômicas, sistema monetário errado, falta de nutrição adequada para todas as pessoas e guerras em locais pequenos. 

Em 2204 A.D. se completa um grande projeto de colonização do planeta Marte, com mais de 20 milhões de pessoas. Mas em 2265 A.D. uma grande catastrofe natural mata todos eles. Nunca mais a humanidade tentou colonizar Marte.

2309 A.D. Como resultado de problemas acumulados e não resolvidos, outro grande desastre chega à terra e é a grande guerra global. Uma grande parte da civilização, como a conhecemos, simplesmente deixa de existir.

2396 A.D. Esta grande mudança leva ao estabelecimento final de um Parlamento Global na Terra da União Global de Nações ou Estados. Mas este Parlamento Global, embora eleito através do voto das nações, não é de políticos ou homens de negócios, mas de cientistas, tecnólogos e figuras humanitárias. O dinheiro como o conhecemos não existe mais. Os recursos planetários são redistribuídos e agora são suficientes para cada pessoa. A superpopulação, o clima, a nutrição e os problemas ecológicos são resolvidos.

3382 A.D. Um fenômeno notável acontece na humanidade. As pessoas, uma após a outra, adquirem de repente uma nova capacidade espiritual que poderia ser chamada hiper visão ou hiperintuição. Um acesso direto à "grande luz espiritual" ou ao "Conhecimento Direto" com poderes criativos extremamente poderosos e claros. É também uma mutação do cérebro humano.

3400-4000 A.D. Uma nova "Idade de Ouro" chega na humanidade depois de quase 1.000 anos de "idade negra". Tudo na sociedade é livre, roupas, casa, comida, transporte, etc. Não há propriedade privada e as únicas desigualdades são as de Honra e reputação.


Fonte\Fonte


Funcionário é demitido, morre e seu espírito volta para assombrar a empresa. Circuito interno registrou tudo

Um escritório de contabilidade na cidade de Manchester está deixando os internautas apavorados Imagens do circuito interno da empresa (divulgadas no youtube) mostram uma cadeira se movendo de um lado para o outro em uma das salas durante a madrugada.

 

Minutos depois os computadores começam a ligar sozinhos e uma das portas se fecha. Também dá pra notar uma sombra se movendo pelas paredes do escritório.
Gavetas dos arquivos se abrem e papéis começam a voar pelas dependências da empresa. As imagens são de 2012, mas somente agora alguns funcionários do local resolveram falar sobre o assunto. Kate Goldman, que trabalha no local há mais de 12 anos disse que percebeu algo estranho durante o horário de trabalho e procurou o responsável pelo setor de recursos humanos: “Eu relatei que algumas coisas se mexiam sozinhas, mas o pessoal riu de mim. Acharam que eu estava com estresse devido ao excesso de trabalho. Quando eles viram as imagens, me pediram desculpas.” Peter Smith, contador da empresa, foi mais além e disse se tratar do espírito de um antigo colega de trabalho:
“Isso é coisa do Bob (se referindo a Bob Wood, um colega que faleceu em 2012). Ele foi demitido injustamente e morreu uma semana depois. Quando vi as imagens, tive certeza que era ele. A cadeira que andava sozinha era dele e o arquivo que se abriu continha documentos de clientes do Bob” contou Peter. O setor de RH confirmou que Wood trabalhou vários anos na empresa e foi demitido porque estava com problemas mentais: “Ele não conseguia se lembrar das coisas, ficava confuso no ambiente de trabalho, então resolvemos demiti-lo e arcar com suas despesas médicas”



Incrível mosaico romano encontrado na França contém suásticas

...e, com ele, foi revelada uma cidade perdida




O mosaico de Utecia: num sentido bem literal, foi um imenso achado | Crédito: Denis Gliksman/Inrap
Não é todo o ano que há uma descoberta assim: um mosaico com mais de cinco metros de comprimento, que há mais de 2 mil anos adornou o piso de um edifício de 250 metros quadrados na cidade de Utecia, no sul da atual França. Quase perfeitamente preservados, ele mostra animais e motivos geométricos - suásticas entrelaçadas.


Em perspectiva / Denis Gliksman/Inrap
Hoje, o local fica na cidade de Uzes. Um terreno de 4 mil metros quadrados estava reservado para a construção de uma escola e os arqueólogos do Instituto Nacional Francês de Pesquisa Arqueológica Preventiva (INRAP) foi chamado para evitar que os tratores passassem por cima de alguma ruína valiosa. E, fazendo seu trabalho, salvaram o local. 
O mosaico em si é um achado espetacular, mas o mais significativo é que é o primeiro artefato descoberto de Utecia. A cidade foi mencionada em muitos documentos romanos, por milênios, nenhuma prova de sua existência havia ressurgido.
O prédio também intriga aos arqueólogos. Ele tinha uma colunata (pórtico com múltiplas colunas), o que indica ser um prédio público. Mas os arqueólogos acreditam que, talvez, fosse apenas alguém imensamente rico. "É verdade, não havia muitas pessoas que poderiam viver num prédio tão imenso", afirma o arqueólogo Philippe Cayn, chefe das escavações. "Mas é bem possível que o dono desses mosaicos era muito, muito rico. Provavelmente eles ficavam numa sala de recepção, para impressionar os visitantes e mostrar o tamanho de sua riqueza."

Uma coruja no detalhe / Denis Gliksman/Inrap
Quanto às suásticas... São perfeitamente inocentes. Eram uma decoração comum em Roma e Grécia antigas, geralmente relacionadas a redemoinhos e aparecendo em representações da natureza, como essa. 

URGENTE: Embarcação misteriosa apareceu no litoral do Maranhão

Marinha investiga de onde veio o barco e o que aconteceu com a tripulação.




A Capitania dos Portos do Maranhão continua investigando a origem de uma embarcação que está à deriva desde o último final de semana no litoral maranhense. A embarcação misteriosa apareceu em uma praia do município de Cedral, a 193 km de São Luís.
O barco de pesca tem aproximadamente 20 metros de comprimento e encalhou em uma praia considerada quase deserta. Segundo a pescadora Iranilva Rabelo, a embarcação foi saqueada pelos próprios moradores das proximidades da praia. “Tinha bastante coisa e o pessoal acabou levando tudo. Muita coisa de mantimento, congelador, motor 18, motor 10, eles foram levando”.
A Marinha investiga de onde veio o barco e o que aconteceu com a tripulação. Nas dependências da embarcação foram encontrados documentos de dois homens de origem oriental, mas há embalagens de produtos de várias partes do mundo, como Serra Leoa, Senegal e Malásia. Também há anotações em folhas de caderno datadas de 2015.
O nome do barco - “Baraka” - e o prefixo escrito na parte de fora da cabine devem ajudar nas investigações. Mas de acordo com o capitão da Capitania dos Portos do Maranhão, capitão André Trindade, por enquanto não há qualquer registro do desaparecimento de um barco com as mesmas características.
“Nós entramos no sistema de registro de embarcação da Marinha e não há nenhuma embarcação com esse nome registrado. Ou seja, não há como saber o nome do proprietário no momento. Há em um outro sistema que tem o registro das embarcações a nível mundial uma embarcação com o mesmo nome, mas é com bandeira do Panamá e é um navio de pesca bem maior, e pelas fotos que a gente viu no sistema não tem as características dessa embarcação”, revelou o capitão Trindade.

Nome do barco “Baraka” e o prefixo escrito na parte de fora da cabine devem ajudar nas investigações (Foto: Reprodução/TV Mirante)
video

Fonte

Suposta nave extraterrestre teria passado pela Estação Espacial Internacional


Nasa e ufologistas discordam sobre o que seriam estes objetos.

Um vídeo registrado na Estação Espacial Internacional (EEI) poderá, por fim, dar razão aos ávidos caçadores de vida extraterrestre. Nele, é possível ver um estranho objeto, que supostamente seria uma nave alienígena. 

A imagem não é completamente nítida, como costuma ocorrer nesses casos, mas é possível identificar algumas sombras e luzes diferentes de tudo o que já foi registrado pela EEI até o momento – e muitos afirmam se tratar de uma nave em movimento. 

Enquanto a NASA afirma que a imagem corresponde a efeitos óticos normais das luzes da EEI durante sua órbita pela Terra, especialistas, ufologistas e aficionados pelo tema de todo o mundo procuram o objeto misterioso no vídeo do canal do YouTube da Estação Espacial Internacional, tentando identificar se seria, de fato, uma nave. 

O que chama a atenção é o fato de o canal ter interrompido a transmissão assim que o objeto apareceu na gravação. Especialistas afirmam, inclusive, que o vídeo foi manipulado em uma tentativa de ocultar a nave. 

Veja com seus próprios olhos: 




Curta nossa Página...
Visite nosso parceiro:
Conheça nosso Parceiro: UNIVERSO CÉTICO