Seguidores

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Astrônomos descobrem fonte de sinais misteriosos no espaço

Durante a última década, os astrônomos detectaram poderosas explosões de sinais de rádio provenientes do espaço exterior, chamadas de rajadas de rádio rápidas (ou FRBs). Durando apenas alguns milissegundos, eles podem gerar tanta energia quanto 500 milhões de sóis – e nunca fomos capazes de explicar de onde eles estão vindo, ou o que faz com que eles emitam esses sinais.
 

E agora, pela primeira vez, os cientistas têm rastreado a origem de uma dessas rajadas para uma pequena galáxia anã muito além de nossa Via Láctea, e fornecem também um grande líder quanto à fonte desses sinais misteriosos.

“Sabemos agora que estas explosões em especial vêm de uma galáxia anã, a mais de três bilhões de anos-luz da Terra”, disse Shami Chatterjee, um dos pesquisadores envolvidos na descoberta. “Esse simples fato é um enorme avanço em nossa compreensão desses eventos”, concluiu ele.
Esses resultados foram apresentados hoje em uma reunião da American Astronomical Society, no Texas, e simultaneamente publicados na revista Nature. A primeira explosão de rádio rápida foi descoberta em 2007 e, desde então, os astrônomos procuram incansavelmente mais desses sinais misteriosos.

A hipótese do causador desses sinais, é que as rajadas de rádio poderiam ter ser produzidas por magnetares – um tipo de estrela de nêutrons que está cercada por material ejetado pela explosão de uma supernova. Mas há outras possibilidades também, como a ideia de que a galáxia está destruindo as emissões de rádio da região que rodeia o buraco negro supermassivo em seu núcleo.
De qualquer maneira, agora, pelo menos, temos um lugar para começar quando se trata da nossa compreensão desses sinais enigmáticos. [ScienceAlert]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curta nossa Página...
Visite nosso parceiro:
Conheça nosso Parceiro: UNIVERSO CÉTICO