Seguidores

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Imagem de Jesus Cristo aparece nos céus da Bulgária e emociona Fiéis locais


Veja os vídeos e tire suas próprias conclusões
Os cristãos, na pequena aldeia búlgara de Parzardzhik Mokrishte ficaram surpresos quando viram uma imagem aparecer nas nuvens que eles acreditam que foi a figura de Jesus Cristo



Os cristãos na área acreditam que esta extraordinária aparição nas nuvens não é coincidência.
Em 2014, as pessoas na aldeia finalmente conseguiram construir uma casa de culto que foi inteiramente financiada por doações de pessoas locais. As tentativas dos fiéis na região para construir um local de culto tinha sido frustrada por muitos anos antes. A Igreja Ortodoxa tinha tinha planos para construir uma nos anos 1990. Na ausência de financiamento oficial, os moradores tiveram que confiar em suas habilidades de angariação de fundos para construir um local de culto. Os organizadores levaram mais de onze anos para supervisionar a conclusão do templo. A igreja em questão é chamada de São Cirilo e Metódio.

 
Portanto, quando eles avistaram o surgimento de uma figura semelhante à de Cristo nas nuvens sobre a sua aldeia começaram a associar uma coisa com a outra. De acordo com uma mulher que capturou fotografias da imagem turva altamente incomum, a aparição apareceu na entrada da igreja . Esta aparição é apenas a mais recente de uma série de imagens extraordinárias que estão a aparecer nas nuvens nos últimos anos. Muitos têm interpretado este recrudescimento da fenômeno nuvem incomum como um sinal de um iminente apocalipse bíblico ou algum outro tipo de presságio da desgraça. No entanto, os moradores em Parzardzhik Mokrishte não fizeram
essas previsões sombrias. Embora, alguns interpretaram a imagem como um sinal de que os moradores devem abraçar Jesus Cristo, outros têm sugerido que não é um aviso, mas sim um presente para os moradores que trabalharam tão duro e esperaram por tanto tempo a conceder seu local de adoração. Muito poucas pessoas têm contestado que esta aparição foi um milagre divino. Confira o vídeo:






Fonte
Curta Nossa Página no Facebook
Sua partilha é muito importante e nos ajuda a continuar criando conteúdo. COMPARTILHE! Clica logo ali mais abaixo. Obrigado!

As 11 fotos mais belas do eclipse solar de 2017


O eclipse de 21 de agosto de 2017 foi provavelmente o eclipse total mais visto e registrado de toda história. A totalidade do evento foi vista em uma longa faixa através dos EUA e rendeu fotografias de tirar o fôlego.
O eclipse de 21 de agosto de 2017 foi provavelmente o eclipse total mais visto e registrado de toda história. A totalidade do evento foi vista em uma longa faixa através dos EUA e rendeu fotografias de tirar o fôlego.

O eclipse continental começou oficialmente na costa oeste dos EUA, mais precisamente na cidade de Salem, no estado do Oregon, às 09h05 da manhã local, 13h05 BRT (Horário de Brasília) e às 10h18 a Lua cobriu totalmente o disco solar.

Desde então, a combinação de movimentos entre Terra, Sol e Lua não parou mais de revelar sua beleza e por duas horas e meia mergulhou na escuridão uma longa e estreita faixa de terra com mais de 4.5 mil km de extensão, entre a costa do Oregon, no Pacífico e a costa da Carolina do Sul, no Atlântico.


No Brasil, o eclipse também foi visto em diversas cidades das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Embora de forma parcial, o evento astronômico rendeu belíssimas fotos do Sol mordido próximo ao horizonte.
Registro composto mostra o progresso do eclipse de 21 de agosto, desde a fase parcial até a totalidade. Toda a cena foi fotografada no Parque Nacional North Cascades, em Washington.

Praticante de Slackline curte a travessia entre duas encostas, ao mesmo tempo em que o eclipse mergulha na escuridão o Smith Rock State Park.

Efeito Bailey Beads, visto quando a Lua faz seu movimento final na frente do disco solar. Foto feita em Madras, Oregon. Crédito: Nasa.

"Eclipse na Palma da Mão" visto através do método indireto conhecido como Pinhole (buraquinho em uma cartolina), registrado em Arlington, Texas.

Belíssimo registro do "anel de diamante" iluminando o alpinista durante o início da totalidade do eclipse de 21 de agosto de 2017.

Após escalar a montanha, alpinista solitário contempla o momento da total escuridão produzida pela sombra da Lua no estado do Oregon.

Imagem aberta mostra alpinistas e praticantes de Slackline durante o ápice do eclipse nas montanhas do Parque Nacional de Smith, no Oregon.

Alpinista observa o eclipse total do Sol em Smith Rock State Park, no estado do Oregon.

Estação Espacial Internacional, ISS, cruzando o disco solar no momento do eclipse de 21 de agosto. Foto obtida a partir do Northern Cascades National Park, em Washington.

Eclipse de 21 de agosto registrado de dentro da Estação Espacial Internacional pelo astronauta italiano Paolo Nespoli, durante o momento que a nave cruzava os EUA.

Brasil: fase parcial do eclipse de 21 de agosto de 2017 registrado pelo internauta Silvio Dias, na cidade de Jaboatão dos Guararapes, PE. Nas palavras do internauta, "O meu mais especial por do Sol".
Fonte
Curta Nossa Página no Facebook
Sua partilha é muito importante e nos ajuda a continuar criando conteúdo. COMPARTILHE! Clica logo ali mais abaixo. Obrigado!

NASA CAPTA O ISS VOANDO EM FRENTE AO SOL NA FOTO FINAL DO ECLIPSE "ULTIMATE"



À medida que a lua se agarrava em frente ao sol durante o eclipse solar total de segunda-feira, um fotógrafo da NASA capturou uma visão única na vida.

Joel Kowsky, um dos editores de fotos da agência espacial, estava em Banner, no Wyoming, para assistir o eclipse solar quando fotografou a Estação Espacial Internacional ampliando a frente de um sol crescente.

Abaixo está um vídeo Kowsky gravado usando uma câmera de alta velocidade que gravou 1.500 quadros por segundo. Ele também fotografou a ISS com uma câmera padrão.


Essa gravação de alta velocidade é necessária porque a ISS é aproximadamente o tamanho de um campo de futebol, orbita a Terra a partir de 250 milhas (400 quilômetros), e se move a uma velocidade de 17.500 milhas por hora (28.000 km / h).

Para capturar um objeto tão rápido do ângulo certo, não requer apenas meses ou anos de planejamento, mas também muita sorte.


A Estação Espacial Internacional, com uma tripulação de seis a bordo, transita o sol durante um eclipse solar parcial perto de Banner, Wyoming. Em 21 de agosto de 2017.

Este artigo foi originalmente publicado pelo  Business Insider .
Fonte
Curta Nossa Página no Facebook
Sua partilha é muito importante e nos ajuda a continuar criando conteúdo. COMPARTILHE! Clica logo ali mais abaixo. Obrigado!

Polícia encontra seis corpos em universidade desativada de Minas Gerais


Corpos estavam conservados em formol

(Foto: Divulgação)

Polícia Civil de Minas Gerais faz nesta segunda-feira, 21, diligências preliminares para apurar se estavam em situação de abandono os seis corpos encontrados no sábado, 19, em um prédio que pertencia a uma faculdade desativada em Itabira, região central do Estado.
Os corpos, de quatro homens e duas mulheres, foram encontrados conservados em formol após denúncia anônima. Uma porta precisou ser arrombada para o acesso ao local onde estavam os cadáveres, que seriam para uso de alunos de curso de enfermagem que era oferecido pela faculdade.

Segundo a polícia, os corpos foram encaminhamos ao Instituto Médico Legal (IML) de Itabira para confirmação se são corpos de indigentes, usados para estudo nas aulas. A corporação disse ainda que a faculdade deve apresentar nesta segunda a documentação sobre os corpos. Somente após o resultado será tomada a decisão sobre abertura de inquérito para investigar o caso.

Fonte
Curta Nossa Página no Facebook
Sua partilha é muito importante e nos ajuda a continuar criando conteúdo. COMPARTILHE! Clica logo ali mais abaixo. Obrigado!

Detalhe inesperado aparece em foto do eclipse; assista ao vídeo

(Foto: Reprodução)

Milhões de americanos assistiram, através de telescópios, câmeras e óculos de proteção descartáveis, ao momento em que a Lua apagou o Sol, no primeiro eclipse solar total a cruzar os Estados Unidos de costa a costa em quase um século.

Uma foto tirada pela NASA captou, além da beleza do fenômeno natural, um detalhe bastante inesperado. A Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) cruzou o céu e passou em frente ao Sol bem no momento do eclipse.



Para ler a matéria completa no Portal MSN clique aqui.

Fonte
Curta Nossa Página no Facebook
Sua partilha é muito importante e nos ajuda a continuar criando conteúdo. COMPARTILHE! Clica logo ali mais abaixo. Obrigado!

Muralha subaquática misteriosa que circunda o planeta inteiro encontrado no Google Earth



Surpreendentemente, há um vídeo no YouTube que retrata uma parede subaquática que circunda nosso planeta inteiro - e está embaixo da superfície dos oceanos da Terra.

canal do YouTube Flat Earth Arabic descobriu esta parede que parece abranger dezenas de milhares de quilômetros, e a descoberta se encaixa perfeitamente ao lado dos achados do Google Earth , como UFOs, pirâmides, torres gigantes, petroglifos e cidades afundadas especialmente. Notavelmente, o enorme muro em questão foi destacado após descobertas recentes de uma pirâmide subaquática no litoral mexicano e após a descoberta de uma das maiores cidades maias antigas. Mais especificamente, há cinco anos que a americana Angela Micol descobriu pirâmides maiores do que aquelas no platô de Gizé, e várias outras estruturas subaquáticas que caíram com mandíbula foram encontradas utilizando o Google Earth.
Embora todas essas descobertas sejam extremamente fascinantes, pode-se argumentar que todas elas pálidas em comparação com a parede global submersa. Parece impossível que seja uma formação natural, e se ela for real, tudo isso provaria que havia civilizações antigas altamente avançadas, milhares ou mesmo milhões de anos antes das civilizações antigas que já conhecemos.
No entanto, porque as implicações são tão chocantes, a evidência que prova a realidade do muro deve estar além da contestação. Muitas dessas descobertas foram justamente explicadas por " falhas no Google Earth " antes, em grande parte porque o panorama criado pela costura de múltiplas imagens fotográficas  às vezes produz resultados realmente irreais e imprecisos. software de computador é excelente na criação de imagens aparentemente sem costura e sem falhas, mas às vezes deve fazer hipóteses e correções digitais para fazê-lo. Como mencionado, os céticos usaram esses "erros honestos" para oferecer contra-conclusões a descobertas subaquáticas anteriores, como uma pirâmide portuguesa Estima-se que tem mais de 20.000 anos de idade.
Além da costura digital, a iluminação, a perspectiva, a referência e inúmeras outras variáveis ​​são mais do que capazes de enganar os olhos e mentes humanos. No caso deste muro global submerso, um fundo em mudança combinado com um primeiro plano contínuo poderia ser o culpado:

Então, com tudo isso em mente, o que você diz? Glitch-ou Eureka !?
 * Este conteúdo foi inspirado por um artigo incrível que pode ser encontrado aqui: https://simplecapacity.com/2017/03/mysterious-underwater-wall-that-encompasses-the-entire-planet-found-on-google-earth / .
Curta Nossa Página no Facebook
Sua partilha é muito importante e nos ajuda a continuar criando conteúdo. COMPARTILHE! Clica logo ali mais abaixo. Obrigado!

O anúncio de emprego que a Apple escondeu em seu site

APPLE - Anúncio estava escondido em URL
Um anúncio para uma vaga de engenheiro na Apple foi encontrado escondido no site da empresa de tecnologia americana.
O texto começa com "Olá! Você nos achou", e diz que a Apple está procurando por um "engenheiro talentoso para desenvolver um componente crítico de infraestrutura eletrônica".
Após a descoberta, o anúncio ou foi removido do site ou transferido para outra seção. O curioso é que ele foi localizado por acaso pelo jornalista especializado em segurança cibernética Zack Whittaker enquanto ele analisava dados enviados por aplicativos de iPhone.
"Eu vi que o fluxo de tráfico estava se conectando com uma URL - e lá estava (o anúncio)", explicou Whittaker.
O jornalista, por sinal, não se candidatou para a vaga.
A página com o anúncio de emprego estava no endereço us-east-1.blobstore.apple.com, que agora contém uma mensagem de erro.
"Blobstore" é o nome de uma série de servidores que pertencem à Apple. A empresa foi procurada pela BBC, mas não forneceu informações sobre o anúncio.
Whittaker, apesar de não cobiçar a vaga, disse ter ficado feliz em encontrar o anúncio.
"É incrível ver empresar adotando maneiras inovadoras de fazer as pessoas trabalharem para elas", disse ele, que trabalha para o site de notícias tecnológicas CNet.

"Muitas vezes a missão de conseguir um emprego envolve sorte e o acaso. A coisa ficou mais interessante."
SARAH TEW/CNET - O jornalista Zack Whittaker encontrou a oferta por acaso

Exemplos no passado

O uso de mensagens ocultas em campanhas de recrutamento tem uma longa história.
Durante a Segunda Guerra Mundial, o serviço de contraespionagem britânico escondia pistas em jornais para atrair mentes mais privilegiadas.
Em 2015, um dos serviços de inteligência usou pichações nas calçadas de algumas das principais cidades britânicas.
No mesmo ano, o hoje ex-engenheiro do Google Max Rosett escreveu um artigo contando como uma simples busca online por termos relacionados à programação de computadores "abriu" um link para uma série de exercícios e, posteriormente, em um emprego na empresa de tecnologia.
"Uma das mais importantes habilidades de um engenheiro, e especialmente de um especialista em segurança cibernética, é uma mentalidade que resolva problemas", explica o acadêmico Alan Woodward, da Universidade de Surrey, no Reino Unido.
"E quebra-cabeças são uma ótima forma de descobrir isso. Afinal, habilidades técnicas podem ser ensinadas."

Zoe Kleinman
Fonte
Curta Nossa Página no Facebook
Sua partilha é muito importante e nos ajuda a continuar criando conteúdo. COMPARTILHE! Clica logo ali mais abaixo. Obrigado!

Líderes em tecnologia pedem proibição de 'robôs assassinos'

GETTY IMAGES - Especialistas alertaram que a tecnologia de 'armas autônomas' pode ser pirateada
Mais de cem especialistas em robótica estão cobrando da ONU uma iniciativa para prevenir o desenvolvimento de "robôs assassinos".
Em uma carta à organização, líderes de setores que usam inteligência artificial, incluindo o bilionário Elon Musk, cofundador e CEO da Tesla, alertam para o risco de "uma terceira revolução (na tecnologia) de guerra" e pedem a proibição do uso de Inteligência Artificial (IA) no desenvolvimento e uso de armas.
"Uma vez desenvolvidos, elas permitirão um conflito armado numa escala maior do que nunca, e em intervalos de tempo mais rápidos que os humanos podem compreender", diz a carta assinada por 116 especialistas.
"Estas podem ser armas de terror, armas que déspotas e terroristas usam contra populações inocentes, e armas que podem ser hackeadas (e reprogramadas) para fazer coisas indesejáveis", acrescenta.
Há um tom de urgência na mensagem dos líderes de tecnologia, que alertam que "não há muito tempo para agir". "Uma vez a caixa de Pandora seja aberta, será difícil fechá-la", acrescenta.
Por isso, eles pedem que essa tecnologia "moralmente errada" seja acrescentada à lista de armas banidas pela Convenção das Nações Unidas sobre Certas Armas Convencionais (CCW).
Além de Musk, também assina o documento o cofundador do DeepMind do Google, Mustafa Suleyman.
Na carta, os especialistas também lamentaram o adiamento para novembro de uma reunião de um grupo da ONU focado em armamento autônomo, que deveria discutir o assunto nesta segunda-feira.
Uma possível proibição no desenvolvimento de tecnologia de "robôs assassinos" já tinha sido discutida por comitês da ONU. Em 2015, mais de mil especialistas de tecnologia, cientistas e pesquisadores escreveram uma carta alertando sobre os perigos das armas autônomas.
Entre os signatários da carta de 2015 estavam, além de Musk, o cientista Stephen Hawking e o cofundador da Apple Steve Wozniak.

O que é um 'robô assassino'?

Um robô assassino é uma arma totalmente autônoma que pode selecionar alvos sem a intervenção humana. Ele ainda não existe, mas os avanços na tecnologia o tornam cada vez mais próximo da realidade.
Defensores dessa tecnologia dizem que as leis de guerra atuais são suficientes para resolver quaisquer problemas que possam surgir se eles forem usados.

Os que se opõem ao seu uso acreditam que se trata de uma ameaça à humanidade e que quaisquer "funções de morte" autônomas devem ser banidas.

Fonte
Curta Nossa Página no Facebook
Sua partilha é muito importante e nos ajuda a continuar criando conteúdo. COMPARTILHE! Clica logo ali mais abaixo. Obrigado!

O jovem que viveu dois meses enclausurado em seu próprio corpo mas conseguiu 'voltar'

Juan Torres ficou dois meses enclausurado em seu próprio corpo

Numa noite de julho de 2013, Juan Torres, na época com 19 anos, se lembra de ter voltado de uma festa e ido dormir. Mas não se lembra do que aconteceu em seguida e que mudou completamente o rumo de sua vida.
Juan sofreu uma parada respiratória. Sua mãe, Margarita, chamou uma ambulância, que o levou a um hospital de Oakville, a 30 minutos de Toronto, no Canadá. Os médicos tentaram salvá-lo, mas o caso parecia perdido.

"Houve um momento em que nos disseram: 'ele está indo embora, deem adeus'", conta Margarita.
Agora o jovem está aprendendo a caminhar de novo.
Juan sobreviveu. Segundo os médicos, porém, permaneceria em um estado vegetativo irrecuperável.
Mas Juan estava consciente e escutava inclusive o que os médicos diziam à sua família. Só que era incapaz de comunicar-se.
"Foi terrível. Nem sequer podia chorar", lembra Juan. "Suponho que meu cérebro ainda não tinha se reconectado aos dutos lacrimais".
"O mero fato de ele estar falando conosco hoje é realmente incrível", diz a médica Gabriel Weston, apresentadora da série televisiva da BBC Incredible Medicine, quase quatro anos depois do ocorrido.
"Os médicos disseram a Margarita que seu filho respirava, mas já não estava ali. Ela, no entanto, não acreditava nas palavras deles", acrescenta.
A diferença de outros pacientes com 'síndrome de enclausuramento' é que Juan não se comunicava nem com os olhos.
Ao contrário de outros pacientes que sofrem da síndrome do encarceramento, Juan não conseguia se comunicar nem com o movimento dos olhos. E assim permaneceu por pouco mais de dois meses.
Margarita conta que às vezes era difícil manter o otimismo, pois "se passaram muitos dias e muitas horas sem que houvesse sinal algum" na tentativa de se comunicar com o filho. Até que um dia, por razões ainda desconhecidas, ocorreu algo extraordinário.
"Era um dia ensolarado, lindo. Foi o primeiro dia em que ele saiu do quarto; eu e meu marido o levamos para fora", lembra Margarita.
Margarita diz yer sido difícil manter o otimista devido à falta de qualquer tipo de resposta do filho

Juan ri pela primeira vez

Juan lembra que, sem mais nem menos, conseguiu rir depois que sua mãe disse algo como "você sempre será minha pequena Branca de Neve...".
"Eles perceberam", relata Juan.
Margarita conta que ela e o marido estavam rindo quando, de repente, o filho começou a rir também. "Para mim, foi um sinal muito específico de que iria se recuperar".
Finalmente Juan havia conseguido sinalizar às pessoas que o rodeavam que ele estavam consciente.
"Ficaram eufóricos, cheios de alegria", lembra.
Era um dia ensolarado quando Juan saiu do quarto pela primeira vez e deu sinais de que tinha consciência, lembra Margarita.
Segundo a apresentadora da BBC, a ciência ainda não consegue explicar por que de repente Juan conseguiu se comunicar.
"Como e por que isto ocorre com alguns pacientes, o que desencadeia a síndrome... São algumas das grandes interrogações da medicina", disse Weston.

Em estado vegetativo?

Essa a área investigada por Adrian Owen, da Universidade de Ontario Ocidental (Canadá), que tenta identificar quais pacientes estão realmente em estado vegetativo e quais estão conscientes, mas incapazes de se comunicar.
Owen examinou Juan quando este estava em "coma" e, novamente, quando começou a se recuperar. Seu caso é importante para ajudá-lo a entender quando há ou não consciência.
O neurocientista Adrian Owen acredita que 20% dos pacientes em estado aparentemente vegetativo têm consciência do que ocorre ao seu redor.
"Naquele momento (quando estava em aparente estado vegetativo), não havia absolutamente nenhuma resposta a estímulos. Seus olhos estavam abertos, mas não havia mais nada", ressalta Owen.
Mesmo assim, Owen confirmou que Juan reconhecia o rosto de seu ajudante e lembrava de lugares e de situações que tinham ocorrido.

Análise de cérebros

Em sua pesquisa, o neurocientista usou ressonância magnética para analisar o fluxo sanguíneo no cérebro de pacientes em aparente estado vegetativo.
Owen pedia que eles se imaginassem jogando tênis. Se entendessem e seguissem a instrução, o pesquisador conseguia confirmar a funcionalidade do cérebro.
Desta maneira, o neurocientista concluiu que 20% dos pacientes em estado aparentemente vegetativo têm consciência do que ocorre ao seu redor.
'Percebemos agora a vida de uma maneira totalmente diferente. É extraordinário', diz Margarita
Quase quatro anos depois, Juan cursa a graduação de Ciências Naturais e, aos poucos, reaprende a caminhar.
"Lembro de repetir com frequência a mim mesmo: vou voltar a andar. Isto me motivou a seguir em frente", conta Juan. "Acho que daqui a um ano estarei caminhando de novo".
Já Margarita, com um sorriso no rosto, afirma: "Percebemos agora a vida de uma maneira totalmente diferente. É extraordinário".

Fonte
Curta Nossa Página no Facebook
Sua partilha é muito importante e nos ajuda a continuar criando conteúdo. COMPARTILHE! Clica logo ali mais abaixo. Obrigado!
Curta nossa Página...
Visite nosso parceiro:
Conheça nosso Parceiro: UNIVERSO CÉTICO