Seguidores

Visitas

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

De acordo com cientistas, esta é a música mais relaxante do mundo

O que você costuma fazer quando está estressado? Dormir, meditar, ler um bom livro, assistir à TV ou ouvir música? Se a última opção for sua escolha, já se perguntou qual seria a música mais relaxante do mundo? Se sim, saiba que a Ciência tem a resposta.

Como sabemos, a música pode ser uma verdadeira terapia. Apenas alguns minutos de melodia podem trazer bom humor, bem como memórias de pessoas, lugares e momentos agradáveis. Além disso, já foi comprovado que ela pode ser muito eficaz no tratamento de estresse. Com tantas vantagens, neurocientistas da Mindlab International pesquisaram e descobriram qual a música mais relaxante do mundo: ela se chama “Weightless” e pertence a uma banda britânica chamada Marconi Union.
Para chegar a essa conclusão, os cientistas realizaram um experimento com participantes que deveriam resolver um complicado quebra-cabeças enquanto estavam conectados a sensores que mediam a atividade cerebral. O quebra-cabeças foi considerado difícil o suficiente para causar estresse nos participantes e por isso, os cientistas poderiam ver como a atividade cerebral, frequência cardíaca, pressão arterial e respiração aumentavam à medida que tentavam solucionar o teste.

No entanto, de acordo com o pesquisador David Lewis-Hodgson, a canção produziu um estado maior de relaxamento do que qualquer outro tipo de música testado. Em números, quando colocada à prova, ela conseguiu reduzir em até 65% a ansiedade dos voluntários. Mas, se você está se perguntando o que essa música tem de tão relaxante, Lyz Cooper, fundadora da Academia Britânica de Terapia do Som, tem a resposta. “A música tem um ritmo que começa com 60 batimentos por minuto e, gradualmente, chega a 50”, disse ela em entrevista ao jornal Daily Mail. “À medida que a pessoa escuta, os batimentos cardíacos se sintonizam”.
Em outras palavras, é como se a música guiasse os batimentos do coração. Como consequência, quando a frequência cardíaca diminui, o mesmo ocorre com a pressão arterial e os níveis de estresse. Ainda, como a melodia não se repete, o cérebro não consegue prever o que vem a seguir.
Originalmente, a música foi feita para reduzir o estresse e criar uma sensação de euforia e conforto, e, conforme os cientistas mostraram, ela foi bem-sucedida. 
Super Curioso ] [ Fotos: Reprodução / Super Curioso ]


Nenhum comentário:

Postar um comentário