Seguidores

Visitas

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Cristãos estão em choque: Cientistas conseguem reconstruir rosto de homem da cidade bíblica de Jericó

Cientistas reconstruíram o rosto de um homem que viveu 9500 anos atrás na cidade bíblica de Jericó. Seu rosto foi recriado a partir do crânio guardado no Museu Britânico. Este é uma dos sete crânios misteriosos que os arqueólogos descobriram em 1953, em Jericó.
Infelizmente os cientistas foram incapazes de extrair o DNA do crânio, caso contrário, a reconstrução seria muito mais precisa. Poderíamos aprender não só a figura, mas a cor de seus olhos e cabelos. ''Nós não extrairmos o DNA com medo de destruir os ossos frágeis deste crânio'', disseram os pesquisadores.
Os cientistas dizem que este homem morreu em uma idade madura. Por razões desconhecidas, o crânio tem uma deformidade e estranhamente alongada. O crânio de Jericó  é muito misterioso. Eles foram cobertos com argila e em seguida, pintado com vários padrões. Mas, ao mesmo tempo cada uma dessas cabeças, tiveram características individuais. Por alguma estranha razão todos os dentes dos crânios foram quebrados. Segundo os cientistas, isso foi feito depois da morte, cujo crânio foi então exposto a a um ritual misterioso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário