Seguidores

Visitas

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Brasil "apavora" na Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica na Índia

A equipe brasileira que participou da X Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica (IOAA) conseguiu a inédita medalha de bronze na competição em equipe, ficando à frente de 39 países.
Os estudantes Gabriel Cawamura, Giancarlo Pereira, Lucas Vilanova, Pedro Seber e Vitor Gomes resolveram um problema de voo espacial da sonda Voyager, numa solução que foi bastante elogiada pelo juri da competição.

É a primeira vez que o Brasil ganha medalha de bronze na competição em equipe.
Os estudantes brasileiros conquistaram mais duas medalhas de bronze e três menções honrosas na competição individual. Giancarlo Pereira e Pedro Seber ficaram com bronze. Gabriel Cawamura, Lucas Vilanova e Vitor Gomes receberam as menções.
A X IOAA foi realizada em Bhubaneswar, Índia, de 9 a 19/12/2016 e contou com a participação de 243 estudantes de 42 países. Foi a décima participação brasileira, que já conquistou 25 medalhas nas edições anteriores, incluindo uma medalha de prata na competição em equipe na Romênia em 2014.
Os estudantes que representaram o Brasil foram selecionados dentre 100 mil alunos de ensino médio que participaram da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astrofísica (OBA). Eles participaram de treinamentos no Observatório Abrahão de Moraes (Valinhos/SP) e foram acompanhados pelos astrônomos Gustavo Rojas (UFSCar), Eugênio Reis (MAST) e Thiago Paulin (Colégio ETAPA).
A próxima IOAA acontecerá em novembro de 2017 em Phuket, Tailândia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário