Seguidores

Visitas

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Bebê nasce com olho no meio da testa após mãe ser exposta à radiação durante gravidez

Um bebê nasceu com apenas um olho, no meio da testa, no Egito. Infelizmente, ele não sobreviveu mais do que algumas horas.  

O menino recém-nascido nasceu com ciclopia, uma condição médica incomum nomeada assim por conta dos gigantes de um olho só da mitologia grega, e é causada por exposição à radiação no útero – dentre outros fatores possíveis.

Ciclopia é uma das mais raras formas de defeitos de nascimento. Na maioria das vezes, as crianças nascidas com essa condição morrem logo após o parto. Tendo um único olho e ausência de nariz, é resultado de grave malformação no útero. Geralmente, a condição implica em uma série de outros problemas, incluindo formação defeituosa no coração.

De acordo com relatórios do portal da Arábia Saudita Slaati, os médicos acreditam que a deformidade pode ser o resultado de uma combinação de medicamentos tomados pela mãe ou da exposição à radiação, mas não explicaram de onde teria sido a fonte desta radiação, já que a mãe não deu declarações sobre o assunto. Ele nasceu em um hospital privado na cidade de El Senbellawein, no Egito. 
Segundo o Dr. Ahmed Badruddin, que supervisionou a condição do bebê no hospital, a criança nasceu com outras deformidades em seu corpo, tão graves quanto a ciclopia.

Uma imagem da criança foi divulgada pela família, que recebeu conselhos e palavras de conforto de todo o mundo, através das redes sociais. O distúrbio pode ocorrer em 4 de 1.000 nascimentos, mas, na maioria dos casos, a gravidez é interrompida. A condição costuma ser vista em maior proporção em animais, não em humanos.
Daily Mail ] [ Fotos: Reprodução / Daily Mail ]
Jornal Ciência 

Nenhum comentário:

Postar um comentário