Seguidores

Visitas

sábado, 29 de outubro de 2016

Vídeo imperdível desconstrói de vez o discurso da “jovem símbolo das ocupações”; Confira!

De repente, a grande mídia encontrou alguém para personificar o movimento estudantil que ocupa escolas. Um alvoroço, comoção, aquilo de sempre. Porém, também como sempre, a coisa não durou muito, pois rapidamente as redes já foram atrás dos fatos.

A estudante que seria “símbolo” das invasões, diante de um discurso emocionado feito na Assembleia Legislativa do Paraná, seria filha de um militante petista, integrante do conselho fiscal da central sindical UGT (União Geral dos Trabalhadores).
Mas não adianta ficar apenas nisso de “filha de” ou “ligado a”. É preciso analisar o discurso, em si. Foi procedente o que ela disse? Estava correto?
Pois a página Pixuleco fez um vídeo comparando o que disse a jovem e alguns fatos que pelo visto contradizem o discurso. Confiram:

 mesmo inacreditável que a imprensa compre esse tipo de coisa sem checar, meramente endossando e repassando como algo inabalavelmente virtuoso. Claro que essa benevolência não acontece com o outro lado. As lideranças anti-esquerda são sempre achincalhadas, ironizadas e desacreditadas.
Acaba dando nisso: o grande descrédito, ao fim, recai sobre a imprensa. Os grandes veículos precisam entender que estes são novos tempos.
Fonte: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário