O homem não se intimidou com a presença do palhaço e foi para cima dele, que levou uma coronhada e foi jogado ao chão. Quando a equipe percebeu o perigo, logo apareceu e explicou que o palhaço fazia parte de uma pegadinha, que estava sendo gravada.
Mohammad saiu correndo, aos gritos, com uma arma apontada em sua direção. Depois do ocorrido, o artista disse que nunca mais fará pegadinhas com palhaços como temática principal.
Segundo as leis da região onde a gravação aconteceu, o homem do vídeo tinha direito de autodefesa, mas deveria ter abaixado a arma quando o palhaço saiu correndo, uma vez que, a essa altura, já não havia qualquer ameaça. De toda forma, Mohammad não prestou queixa à polícia.